"TODA SOCIEDADE SE AFERRA A UM MITO E VIVE POR ÊLE. O NOSSO MITO É O DO CRESCIMENTO ECONÔMICO"- Tim Jackson

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

FETOS MACROSSÔMICOS- II

"Na medicina, como no amor, como na política e como na vida, nem sempre e nem nunca". Acreditem ! Esta belíssima criança nasceu de uma mãe com 137 kg, diabética, hipertensa, obesa, grande multípara e com membros inferiores repletos de varizes do sistema safena externo.Tenho fotos e filmes e considero inadequado postá-los.Reservo-me o dever , muito mais que o direito, de registrar as ocorrências da minha vida médica, como forma de gerar potenciais elementos de defesa e muito mais como , bem mais, como forma de observar científicamente o mundo real que nos envolve. Esperávamos um feto com problemas(mãe com PA= 200mmHgx 100mmHg, na admissão; diabetes gestacional; IMC maior que 40; multiparidade e potencial insuficiência placentária. O que temos como concepto? Uma belíssima criança,choro sólido, bem perfundida, tônus muscular excelente, ativa. Não a acompanhei nos momentos seguintes.Pode ocorrer que estas crianças apresentem, nos momentos que se seguem ao nascimento(neste caso por cesareana) algum sofrimento respiratório. Devo revê-la nos meus próximos plantões,que serão muitos, em decorrência do Carnaval e da desistênca de alguns anestesistas por alguns dias de plantão( sábados e domingos). Chega de trolóló! Avalie este choro largo e farto e nunca desespere.Amanhã será outro dia. Bem melhor que ontem e mais radiante que hoje! OLDECIR MARQUES

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário