"TODA SOCIEDADE SE AFERRA A UM MITO E VIVE POR ÊLE. O NOSSO MITO É O DO CRESCIMENTO ECONÔMICO"- Tim Jackson

terça-feira, 30 de agosto de 2011

CIÊNCIA:NOVO ANTIVIRAL















Gripe, dengue e até aids: nova droga promete curar praticamente todas as infecções virais - Ciência - Notícia - VEJA.com

DILMA CONTRARIA CENTRAIS SINDICAIS










A CTB(PCdoB) participou na manhã de ontem segunda-feira (29), junto com as demais centrais sindicais (CGTB, CUT, Força, NCST e UGT), de uma reunião com a presidenta Dilma Rousseff, os ministros Guido Mantega (Fazenda), Ideli Salvatti (Relações Institucionais), Gleisi Roffmann (Casa Civil) e Gilberto Carvalho (Secretaria-geral), para discutir os rumos econômicos do país e as medidas de enfrentamento da crise econômica internacional. O resultado do encontro frustrou sindicalistas e trabalhadores que esperavam do governo Dilma medidas que valorizassem o mercado interno e, por conseqüência, a classe trabalhadora. A insatisfação se deve ao fato da própria presidenta ter declarado que está previsto um corte de gastos públicos que possibilite aumento do superávit primário. De acordo com a presidenta, a crise mundial pode se agravar e que, por isso, há necessidade de aumentar o superávit primário [economia para pagar juros da dívida pública]. Para os representantes das centrais, que saíram totalmente descontentes da reunião, a medida é totalmente equivocada. Wagner Gomes, presidente da CTB afirmou que a declaração decepcionou o movimento sindical. “Isso para nós é uma ducha de água fria que vai levar o Brasil a desindustrialização”, disse o presidente CTB. Na opinião da CTB, a presidente reafirma uma poltica economia recessiva, que prioriza o sistema financeiro em detrimento de uma politica de valorização da industria nacional e do desenvolvimento e do fortalecimento interno. Wagner Gomes lembra que essa posição do governo, inclusive, é contestada pela principal bandeira defendida no Ato de 03 de agosto, que é a mudança na politica economica, com redução de juros, conquista do desenvolvimento com valorização do trabalho, distribuição de renda e fortalecimento do mercado interno. Opinião compartilhada por Adilson Araújo, presidente da CTB-BA, que também participou da reunião. “Queremos dialogar sobre a política industrial, a questão da desoneração, reajuste das aposentadorias e muitos outros questionamentos relativos à pauta dos trabalhadores". Na opinião dos dirigentes cetebistas o remédio apresentado é amargo. “Com essa atitude demonstra que pretende atrair a confiança dos credores, ao invés de se voltar para o social e implantar medidas como as de 2008, para conter os impactos da crise. Precisamos de iniciativas que estimulem o mercado interno e a produção nacional”, afirmou o presidente da CTB. “Com essa estratégia, que o presidência chamou de apoio à economia, as empresas aumentam os lucros, enquanto os trabalhadores são podados ter uma qualidade melhor de vida. O país precisa de uma agenda positiva com valorização do trabalho, redução da jornada, investimentos na agricultura familiar, efetivação da reforma agrária, enfim, de uma política que valorize o trabalho”, declarou o dirigente. Na próxima quarta-feira (31), as centrais participarão do ato promovido pela União Nacional de Estudantes (UNE), na porta do Banco Central, em Brasília. “Vamos somar as lutas, mais uma vez, dos movimentos sociais e sindical visando a implantação de um projeto nacional com desenvolvimento com valorização do trabalho, que é do que o Brasil precisa”, concluiu o presidente estadual da CTB. Fonte: Cinthia Ribas - Portal CTB

AVANÇOS NEGLIGENCIADOS










Avanço negligenciado | Agência FAPESP :: Especiais

GOVERNO DILMA LANÇA MEDIDAS PARA PROTEGER A"NOVA CLASSE MÉDIA"

















LEI 12.486 /11 REGULAMENTA PROFISSÃO DE TAXISTA

TAXISTAS TEM DIREITO A UM PISO SALARIAL

A presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei que regulamenta a profissão de taxista em todo o país. A Lei 12.468/11, publicada ontem no Diário Oficial da União, exige dos taxistas que façam cursos de primeiros socorros, relações humanas, direção defensiva, mecânica e elétrica básica de veículos. Os profissionais também terão de ser inscritos na Previdência Social. Os taxistas empregados passarão a ter direito a um piso salarial, a ser ajustado pelos sindicatos da categoria.A regulamentação prevê ainda que o taxista deverá atender os passageiros “com presteza e polidez, trajar-se adequadamente e manter o veículo em boas condições de funcionamento e higiene”. O uso de taxímetro será obrigatório em municípios com mais de 50 mil habitantes.De acordo com o texto sancionado, os taxistas poderão constituir entidades nacionais, estaduais ou municipais representativas, que poderão cobrar taxa de contribuição de seus associados.

Fonte: Congresso em Foco

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

ONU alerta para novo surto mundial de gripe aviária - Saúde - Notícia - VEJA.com

ONU alerta para novo surto mundial de gripe aviária - Saúde - Notícia - VEJA.com

PROJETO DO PLANSERV PREJUDICA SERVIDORES!


DEPUTADO OPOSICIONISTA AFIRMA QUE ESTE PROJETO É TÃO RUIM QUE NÃO MERECE SER EMENDADO.

A limitação do número de consultas, exames e procedimentos ao plano de saúde dos servidores públicos estaduais (Planserv) proposto pelo governo Jaques Wagner, mesmo sendo elevado, ainda é prejudicial ao funcionalismo. “O servidores devem se mobilizar, devem estar nesta Casa não só na quarta-feira, dia de votação do projeto, como também amanhã, terça-feira. Continuem enviando e-mails aos deputados, sobretudo aos governistas. Tentem sensibilizar aos deputados para que votem contra esse projeto que tem levado o governador Jaques Wagner a fazer uma verdadeira peregrinação aos órgãos de comunicação para defender seu ideal, afirmando que esse projeto é bom para o servidor. Ainda não consegui ver o que há de bom nesse projeto”, enfatizou o deputado estadual Carlos Geilson (PTN).

Segundo o parlamentar, o projeto é tão ruim que sequer merece ser alterado por emendas. “Esse projeto chegou – e teve aprovado – pedido de tramitação em regime de urgência, o que impediu que tivéssemos tempo para analisá-lo mais detalhadamente, reduzindo os prazos para apresentação de emendas a apenas 24 horas. Por isso, apresentei emendas e, posteriormente, analisando a matéria mais detalhadamente, considerei prejudicial limitar o atendimento, mantendo apenas uma emenda, a que retira limitação para atendimento de urgência e emergência”, esclareceu.

“Não fui aconselhado por ninguém. Foi minha consciência que me levou a retirar as minhas emendas, porque considero esse projeto tão ruim que sequer merece ser emendado. Mas, como o governo tem maioria, conclamo os servidores a nos apoiar: venham para essa Assembleia e defendam, junto conosco, os seus interesses. Venham para a Assembleia amanhã e depois e vamos pressionar o Estado a retirar essa matéria tão prejudicial aos trabalhadores”, concluiu.

FONTE:ASSESSORIA DO PARLAMENTAR


TÉCNICOS DA UEFS ADEREM AOS PROTESTOS CONTRA MUDANÇAS NO PLANSERV

Prezados Servidores Técnicos,

Os técnicos da UEFS em Assembléia definiram paralisar as atividades nos dias 30 e 31 de agosto, acompanhando a indicação da Reunião dos Sindicatos / Entidades, ocorrido na reunião do dia 25/08. Segue a programação dos dois dias:

30/08 (terça) - as 09h
Paralisação com panfletagem na Frente da Prefeitura sobre o Planserv.

31/08 (quarta)
Paralisação com ida à Assembléia Legislativa - Salvador.
Saída: 7:15 Local: CAU III - UEFS.
Parada: 7:30 em frente à Prefeitura Municipal de Feira de Santana apenas para pegar funcionários que estiverem neste local.
Retorno: 16:30.
Obs: Favor confirmar nome e RG até as 09h de terça-feira (30/08) com Joselita no SINTEST - ramal 8071;

Comissões:
O SINTEST necessita de 1(um) representante para ser Suplente na Comissão de Esportes da UEFS e 3(três) representantes para Comissão Estatuinte.

Atenciosamente,

Diretoria do SINTEST

COMO PREVER O GRAU DE AGRESSIVIDADE DO CÂNCER DE PRÓSTATA

Próstata MRI revelando um tumor maligno, diagnosticado por biópsia, em seguida.Créditos das fotos: Anonymous / PR Newswire

MARCADORES SANGUÍNEOS E URINÁRIOS PERMITEM PREDIZER A AGRESSIVIDADE DE UM TUMOR. DESTE MODO, TORNA-SE POSSÍVEL ADAPTAR OS TRATAMENTOS.

Como distinguir os cânceres agressivos da próstata(lescancers agressifs de la prostate), que ameaçam a vida de um paciente, daqueles de evolução lenta, que podem ser monitorados e acompanhados sem a utilização de procedimentos invasivos?Envolvidos há alguns anos com este quebra-cabeças, os pesquisadores começam a montar algumas peças mestras.Várias equipes de cientistas já identificaram marcadores sanguíneos e urinários que permitem predizer a agressividade de um tumor prostático.

Os resultados destas pesquisas são cruciais para os doentes e para a Saúde Pública. Com o aumento exponencial do rastreamento pelo PSA(antígeno prostático),êstes cânceres são revelados cada vez mais em estágio precoce -na França, aproximadamente, 70.000 foram rastreados no último ano, cinco vezes mais que em 1990. ADAPTAR A "AGRESSIVIDADE" DO TUMOR ÀQUELA DO TRATAMENTO É PORTANTO UMA PRIORIDADE.

Médicos americanos do Centro de Pesquisas Fred Hutchinson(Seattle) mostraram, recentemente, que um painel de cinco variantes de marcadores estava associado a um risco maior de evolução fatal.Trabalhos realizados envolvendo mais de 4.000 pacientes, foram publicados na revista especializada Cancer Epidemiology,Biomarkers &Prevention. Janet Stanford e colaboradores, estudaram mais de 900 variantes genéticas, também chamadas polimorfismos ou SNPs.Destacaram-se cinco mais relevantes.Nos indivíduos portadores de 4 ou 5 destas variantes de nomes impronunciáveis(genes para receptores de leptina e interleucina-4), a taxa de mortalidade é 50% mais elevada que naqueles indivíduos com duas ou menos variantes.

BIOMARCADORES SENDO AVALIADOS

Scott Tomlins, da Universidade de Michigan, e seus colegas obtiveram resultados bastante interessantes com dois marcadores urinários(Science Translational Medicine de 03 de agosto). Um deles chamado PCA3, já está sendo comercializado.Êle permite melhor avaliar os riscos de câncer da próstata em certos indivíduos e portanto melhor avaliar as indicações de biópsia da glândula. O outro marcador chamado gene de fusão, é uma particularidade encontrada em 50% dos tumores prostáticos.Combinando as duas dosagens, a equipe americana melhorou estatísticamente a detecção dos cânceres e a estimativa do seu grau de agressividade. "Êstes trabalhos são importantes em três níveis, explica o Prof.Pascal Rischman(Urologista em Toulon).Na fase de diagnóstico, o objetivo é melhor selecionar pacientes aos quais se deve propor biópsia. Estratificar grupos de pacientes em função do risco evolutivo de sua doença e, enfim,buscar terapias específicas que atuem sôbre as vias moleculares implicadas nestes cânceres. («Tous ces travaux sont importants à trois niveaux , explique le Pr Pascal Rischmann (urologue, CHU de Toulouse). En amont du diagnostic, le but est de mieux sélectionner les hommes à qui l'on doit proposer des biopsies. Il s'agit aussi de stratifier les groupes de patients en fonction du risque évolutif de leur maladie. Enfin, l'objectif est d'aller vers des traitements ciblés, agissant sur les voies moléculaires impliquées dans ces cancers.»)

Na França, os biomarcadores também estão sendo avaliados em serviços especializados, possivelmente em conjunto com outras técnicas,como ressonância magnética , para ver melhor os tumores de próstata minúsculos.Mas há muito ainda a ser feito."Ainda estamos longe de ter identificado a faixa ideal, disse o. professor Abdel-Rahman Azzouzi(CHU Angers).Para o Prof. Olivier Cussenot uma duzia de marcadores biológicos são candidatos sérios para prever a escalabilidade destes cânceres."E não esqueça das coisas simples, diz ele. "Atualmente,história familiar de câncer precoce é um fator mais poderoso dos que os marcadores genéticos de sangue para avaliar riscos"

Clique e leia o texto original:

http://www.lefigaro.fr/sante/2011/08/21/01004-20110821ARTFIG00234-comment-predire-la-gravite-des-cancers-de-la-prostate.php

http://www.fhcrc.org/

Le Figaro

Cabut Sandrine

Traduzido com a inestimável ajuda do Tradutor Google

INSULINA POR VIA ORAL PROMETE REVOLUCIONAR O TRATAMENTO DE DIABÉTICOS












Começaram os testes com comprimidos de insulina para diabéticos | IP Jornal

LEIA MAIS: COMPRIMIDOS DE INSULINA "EMISPHERE"

OPINIÃO



















sábado, 27 de agosto de 2011

HAZARE ENCERRARÁ GREVE DE FOME APÓS VITÓRIAS PARCIAIS












RELATÓRIO RIGOROSO

O relatório final da Operação Voucher está pronto. Pede o indiciamento de todos os 35 elementos do Ministério do Turismo presos no arrastão da PF. Tem acusação para todo gosto.

O petista Mário Moysés, por exemplo, será indiciado por estelionato; o número 2, Frederico Silva da Costa, por formação de quadrilha; e o peemedebista Colbert Martins, por peculato.

FONTE:RADAR-ON LINE-LAURO JARDIM
Veja.com
SAIBA MAIS:
PECULATO
ESTELIONATO
FORMAÇÃO DE QUADRILHA


"SE LIGA BOCÃO" TV RECORD/FEIRA DE SANTANA



















Centenas de pessoas estiveram no bairro feirense da Cidade Nova por volta do meio dia deste sábado (27) para fazer parte da transmissão ao vivo do programa “Se Liga Bocão”, que marcou a chegada da TV Record Bahia em Feira de Santana.


A instalação da Record em Feira de Santana representa um avanço na área de comunicação, pois a emissora será mais uma via por onde a população vai se informar, expor suas ideias e fazer suas reivindicações. Os empresários também serão beneficiados, pois terão mais uma via para divulgar os seus produtos e serviços.

A transmissão do “Se Liga Bocão” mobilizou uma equipe de aproximadamente 50 profissionais. Um helicóptero foi utilizado para captação das imagens aéreas. O programa, que possui a maior audiência da TV Record Bahia, é apresentado por José Eduardo e mistura denúncia, humor e entretenimento.

FONTE:COLABORADORES DO SAÚDE

FOTOS: BLOG DO KUELHO

JORNALISTA MARCOS UCHOA MOSTRA ESPERANÇA DOS LÍBIOS APÓS QUEDA DA DITADURA KADAFI



Seis dias depois de darem início ao cerco da capital Líbia, as forças rebeldes ainda enfrentam focos de resistência na cidade.


Imagine a avenida principal de uma cidade grande deserta. E Trípoli é uma capital. O medo e a tensão explicam muito. A cautela por parte da maioria mais ainda. Mas pelo menos sair para comprar o básico é necessário, e isso é bem difícil.


Uma cidade em guerra tem seus hábitos totalmente atrapalhados pelas condições, que são óbvias: todas as lojas ficam fechadas. O comércio da cidade não abre desde sábado da semana passada. Então, os moradores têm muita dificuldade e, quando uma loja abre, todo mundo corre para ela. É um certo tumulto, com as pessoas pegando o que podem. O dono explica que o conselho dos rebeldes pediu que todas as lojas abrissem no sábado (27), o que, se acontecer, vai melhorar a vida de todo mundo.


Mulharas rodeiam a Medina, a cidade velha de Trípoli. O chamado para a reza feito pelos muezins ecoa por ruelas quase vazias. Trípoli foi uma cidade de piratas, onde o tráfico de escravos era comum durante séculos. São ruas, onde já se viu muito sofrimento.


O repórter Marcos Uchôa entrou para a reza de sexta-feira, a mais importante da semana, a primeira desde que Kadhafi perdeu o poder. Dentro das mesquitas, muitos agradecem o momento. Mas não se vê muita gente. São 38 mesquitas só na parte antiga da cidade, mas nessa revolução, o papel da religião foi pequeno.


Quando as pessoas saíram das mesquitas, falavam de outras coisas. Um velhinho pensava no futuro melhor. Um pai, com três filhos, mais ainda, disse que agora vai ter direitos, que a educação e a saúde dos meninos serão melhores.


Muita coisa vai ter que mudar. A lembrança de tanta violência deve ser retirada rapidamente das ruas. Existem carcaças de carros queimados e furados de bala por todo lado.


Uma coisa já mudou: todo mundo quer falar. Um homem diz: “Ofereceram milhões pelo Kadhafi, mas ele não vale 1 dinar”. Logo depois, chega um amigo e a alegria transborda.


Um senhor, indignado com Kadhafi, conta uma das dificuldades de viver 42 anos com medo. Ele diz que, antes, não poderia nunca falar com estrangeiros, muito menos jornalistas, porque a polícia chegaria e o levaria. E que agora ele sente que a liberdade chegou e que a vida vai mudar totalmente.


Num carro cheio de rebeldes, um diz que Kadhafi não está em Trípoli, mas no sul, no deserto. Outro dá as boas-vindas à nova Líbia. E uma mulher explode de felicidade.


Um dos manifestantes, durante uma passeata, exibe uma gaiola, símbolo de onde estavam os líbios e de onde querem botar Kadhafi.


Os líbios estão vivendo o período de ramadã nesta sexta-feira (26), o equivalente do domingo para os cristãos. Há muita festa, porque apesar de ser o dia em que fazem o jejum e só comem depois do pôr do sol, esta sexta é para comemorar. Particularmente na Praça Verde do passado, hoje chamada de Praça dos Mártires.


Um grupo de mulheres vai crescendo em torno de uma bandeira. Elas cantam e gritam sem parar. No meio disso tudo, aparece algo bem novo: começaram a distribuir um jornal na antiga Praça Verde, que, dentro, traz a foto de Kadhafi, como se fosse um vampiro. Antigamente, qualquer jornal na Líbia tinha que ter 200 fotos do ditador, agora só mostra essa foto. E começa, realmente, a dar notícias sobre a realidade do que os líbios vivem.


Mas, como qualquer um sabe, o jornal não traz só boas notícias, porque a guerra ainda não terminou. Ainda se combate e se morre em Trípoli.


O complexo de Bab al Azizia era uma espécie de fortaleza de Muammar Kadhafi, de onde ele mandava em toda a Líbia, e onde estava todo exército e munição. Logo ao lado, fica o bairro de Abu Salim, onde moravam os adeptos dele e o onde existem combates até agora.


Dentro do que era a fortaleza de Kadhafi, se festejava ainda mais nesta sexta. Era um engarrafamento de carros, de gente e um visitante bem especial. Muitos líbios foram visitar o principal comandante militar que participou das lutas em Bengazi e em Misrata também. Era a primeira vez que ele ia ao local mais simbólico para os líbios, em relação ao fim do poder de Muammar Kadhafi. Ele estava cercado por um monte de seguranças e de líbios que queriam chegar perto para cumprimentá-lo pela vitória.


O ex-general do ditador, que mudou de lado na revolução, disse que estava muito feliz por estar nesse lugar e que agora o futuro de todos será bem melhor.


Pode ser, mas o presente, para os jornalistas, está um pouco mais complicado. Nesta sexta, também o hotel foi atacado. Com toda a imprensa internacional no local, qualquer tiro ganha repercussão de uma bomba.

FONTE:AGÊNCIA FLORIPA


DILMA DEFENDE O COMBATE CONSTANTE À CORRUPÇÃO E DIZ QUE META DE GOVERNO É FAXINAÇO CONTRA A POBREZA

TOMAR PROVIDÊNCIAS CONTRA "MALFEITOS" É OBRIGAÇÃO NO MEU GOVERNO. COMBATER IRREGULARIDADES E IMPROBIDADES SÃO "OSSOS DO OFÍCIO" E NINGUÉM ESTÁ ACIMA DA LEI,DIZ DILMA. UMA DE NOSSAS METAS DE GOVERNO É COMBATER A EXTREMA MISÉRIA E A POBREZA. DILMA DIZ ESTAR PREPARADA PARA O ENFRENTAMENTO COM A CRISE FINANCEIRA INTERNACIONAL. DILMA ASSEGURA MANTER OS SÓLIDOS FUNDAMENTOS DA ECONOMIA BRASILEIRA E APOSTA NO FORTALECIMENTO DO MERCADO INTERNO PARA COMBATER OS DESAFIOS ECONÔMICOS E TAMBÉM SOCIAIS. A PRESIDENTA ROUSSEF COMENTA, COM FIRMEZA, QUE QUALQUER ATIVIDADE INADEQUADA QUE FOR CONSTATADA SERÁ OBJETO DE PROVIDÊNCIAS, MAS QUE SE FAZ NECESSÁRIO RESPEITAR OS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA JUSTIÇA MODERNA COMO O RESPEITO AOS DIREITOS INDIVIDUAIS E ÀS LIBERDADES,À IGUALDADE E À DIGNIDADE DAS PESSOAS, ALÉM DA PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA.


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

VÍSCERAS EXPOSTAS

Há razões em excesso para que a lista de ex-ministros do governo Dilma Rousseff aumente. Pelo menos mais dois auxiliares da presidente estão neste momento equilibrando-se na corda bamba: Mário Negromonte (Cidades) e Paulo Bernardo (Comunicações). Ontem, os dois deram declarações que os habilitam a serem defenestrados, com motivos de sobra, da Esplanada.O jornal O Globo publica hoje extensa e reveladora entrevista com o ministro das Cidades, às voltas com suspeitas de pagar mesadas de R$ 30 mil a deputados da base aliada para que o apoiem no cargo. É uma aula de como funciona um governo contaminado pelo fisiologismo.Negromonte fala com despudor sobre como os convivas se debruçam sobre seus feudos no governo petista. Envolvido em uma luta de poder com seus partidários do PP, ele lança mão de ameaças e credencia-se para ser uma espécie de Roberto Jefferson - o deputado que detonou o mensalão do governo Lula, em 2005 - de Dilma.Diz o ministro: "Vai o meu alerta: em briga de família, irmão mata irmão, e morre todo mundo. Por isso que eu disse que isso vai virar sangue. Esse pessoal não sabe avaliar os riscos. Não devemos expor as vísceras." Que vísceras são estas que o chefe de uma das pastas mais ricas da Esplanada avisa que não quer ver expostas?O ministro deixa claro que sabe do que e de quem está falando: "Imagine se começar a vazar o currículo de alguns deputados. Ou melhor, folha corrida." Os parlamentares a que ele se refere, é bom que se ressalte, são seus próprios aliados e correligionários do PP, terceiro maior partido da base aliada, com 41 deputados e cinco senadores. "Eu trabalhei para que o PP saísse das páginas policiais, quando houve o escândalo do mensalão".Os pepistas controlam há seis anos o Ministério das Cidades, com seu fornido orçamento de R$ 22 bilhões para gastar em obras de saneamento, mobilidade urbana, habitação etc. Mas esta montanha de dinheiro não tem servido para realizar muita coisa, segundo o próprio ministro admite na entrevista: "Aqui, não está acontecendo nada. No governo Dilma, é preciso suar para liberar dinheiro. Tem que ser um maratonista. Isso porque a presidente Dilma é muito detalhista".O próprio Negromonte revela os montantes represados, que fornecem um retrato fidedigno da inação da gestão Dilma. A pasta das Cidades tem R$ 3,8 bilhões de emendas parlamentares inscritas em restos a pagar neste ano, mas só liberou R$ 25 milhões até agora. Isso dá 0,6% do total disponível, passados quase oito meses de governo...Mário Negromonte parece estar se preparando para deixar o cargo e antecipa a possibilidade em pelo menos dois momentos da entrevista a O Globo. "Quero sair daqui como entrei. Não quero sair do governo com mancha. (...) O que eu não quero é sair com a marca de que fiz coisa errada". Motivos para ser demitido e tornar-se o quinto ministro a cair em menos de três meses, ele já deu de sobra.O sexto da lista pode ser Paulo Bernardo, enroscado em voos suspeitíssimos nas asas de empresários amigos. Ontem, em audiência na Câmara, o ministro das Comunicações não conseguiu explicar o uso de jatinhos particulares na época em que era titular do Planejamento e fazia campanha pela eleição de sua mulher, Gleisi Hoffmann, para o Senado. Suas alegações só o complicaram.Bernardo admitiu que "só" pegou carona em aviões que nem sabia de quem eram e não descartou que tenha voado nas asas da Sanches Tripoloni, empresa suspeita de ter sido beneficiada pelo ministro numa obra em Maringá. Se assim foi, ele feriu o artigo 7º do Código de Ética da Alta Administração Federal: "A autoridade pública não poderá (...) receber transporte, hospedagem ou quaisquer favores de particulares de forma a permitir situação que possa gerar dúvida sobre a sua probidade ou honorabilidade".Segundo Bernardo, os jatinhos teriam sido alugados pela campanha de Gleisi. Mas os parcos gastos da hoje ministra-chefe da Casa Civil com este fim em 2010 desabonam a versão do marido: em sua prestação de contas à Justiça Eleitoral, ela declarou despesas de apenas R$ 56,9 mil com empresas de táxi aéreo, o equivalente a 0,7% dos quase R$ 8 milhões que informou ter gasto na disputa, mostra O Estado de S.Paulo. Os gastos declarados de Gleisi com esta finalidade foram sete vezes menores que os do senador Roberto Requião (PMDB), seu companheiro de chapa no ano passado.A principal suspeita que pesa sobre Bernardo é que ele tenha recebido mimos de uma empresa que foi diretamente beneficiada por ele quando era o responsável pelo Orçamento da União e por definir as verbas para obras públicas. A Sanches Tripoloni constrói em Maringá uma obra incluída no PAC por sugestão do ministro e que já custa o dobro de seu preço original. A empresa foi considerada inidônea pelo TCU, mas isso não a impediu de multiplicar os recursos federais que recebe: passaram de R$ 14 milhões em 2005 para R$ 261 milhões - ou 17 vezes mais - cinco anos depois.Nos dois casos, fica evidente a forma como as autoridades do governo petista tratam os bens públicos: como se fossem nacos para serem devorados, numa promíscua coabitação com interesses privados. Em benefício da sociedade, há vísceras de sobra para serem expostas, antes que seja tudo tragado pelo fisiologismo.Fonte: Instituto Teotônio Vilela

TUCANOS DEFENDEM INTERESSES DA SOCIEDADE E CONSEGUEM COLOCAR EMENDA 29 NA PAUTA DE SETEMBRO

Oposição consegue acordo para regulamentar Emenda 29

Emenda fixa percentuais mínimos para investimentos em saúde

Após uma série de ações de obstrução, deputados da oposição conseguiram fechar um acordo com os partidos que formam a base de sustentação do governo para votar a MP 533/11.

Aprovada, a MP determina que o governo federal aumente o repasse de recursos aos municípios e ao Distrito Federal destinados a novos estabelecimentos de educação infantil. Parlamentares do PSDB favoráveis a proposta, usaram o dispositivo legal da obstrução para pressionaram pela inclusão da regulamentação da Emenda 29 na pauta de setembro.

Acusada pelos governistas de intransigente, a oposição apenas buscou diálogo e defendeu o interesse da sociedade, de acordo com o líder tucano na Câmara, Duarte Nogueira (SP).

Segundo ele, a obstrução era o único instrumento para conseguir a regulamentação da Emenda 29. “A votação é vontade da maioria dos partidos, inclusive da base, pelo caráter social de garantia de fontes para o financiamento da saúde pública”, disse. Sem o esforço do PSDB, o parlamento ficaria “prisioneiro de uma pauta exclusiva de MPs”.

Com a aprovação da MP, o presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), se comprometeu a marcar para o próximo mês a apreciação da EC 29, que fixa os percentuais mínimos a serem anualmente investidos na saúde.

“Não é mais possível pautarmos aqui outras matérias a não ser a conclusão da votação da Emenda 29. Neste exato momento, quantos mil brasileiros estão na fila buscando uma internação, uma consulta, acesso ao medicamento?”, questionou Raimundo Gomes de Matos (CE).

Para Antonio Carlos Mendes Thame (SP), o Executivo tem exercido um poder sobre a pauta da Câmara por meio de medidas provisórias e ditando o que deve ser votado nas sessões.

“É preciso destacar o aspecto benéfico dessa obstrução das oposições, porque é ela que tem permitido que assuntos de interesse da população e que melhoram a qualidade de vida, como é o caso da regulamentação da Emenda 29, que vai propiciar mais recursos para a saúde, possam vir a ser votados.”

O relator da proposta da MP 533, Ângelo Agnolin (PDT-TO), incorporou quatro emendas ao texto, duas delas apresentadas pelos tucanos Otavio Leite (RJ) e Eduardo Barbosa (MG). Elas explicitam que os municípios e o DF devem assegurar condições de acessibilidade aos portadores de deficiência na aplicação dos recursos. Os destaques serão votados na próxima terça-feira (30).

FIONTE: Diário Tucano

Correio Braziliense - Política - CGU identifica problemas nos contratos firmados pelo Ministério do Turismo

Correio Braziliense - Política - CGU identifica problemas nos contratos firmados pelo Ministério do Turismo

MAIOR RIO SUBTERRÂNEO DO PLANETA















Curso d´água de 6.000 quilômetros é descoberto embaixo do rio Amazonas - Ciência - Notícia - VEJA.com

IBGE:DESEMPREGO É O MAIS BAIXO...















CIENTISTAS CALCULAM QUANTAS ESPÉCIES EXISTEM

Cientistas calculam quantas espécies existem | Agência FAPESP :: Notícias

FENÔMENOS NATURAIS:FURACÃO IRENE


quinta-feira, 25 de agosto de 2011

VILAGRA REASSUME PREFEITURA DE CAMPINAS

Vilagra reassume prefeitura de Campinas - Brasil - Notícia - VEJA.com

VACINA GENÉTICA












Mosquito infectado com bactéria não transmite dengue: Cientistas liberaram na natureza 300 mil pernilongos infectados com uma bactéria que torna o próprio pernilongo imune à dengue, o que o impede de transmitir a doença para o homem.

O IMPIEDOSO RÔLO COMPRESSOR:HAVERÁ PARADEIRO PARA ISTO?

O tema mais discutido na Assembleia Legislativa (AL) nesta semana foi o projeto de autoria do governo estadual que busca promover mudanças no Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais (Planserv). Da tribuna, discursando para um plenário vazio(observe atentamente a foto), a deputada feirense Graça Pessoa, conclamou , corajosamente,os demais deputados a votar contra o Projeto de Lei 19394/2011,da forma como está sendo apresentado: “conclamo a todos os parlamentares para que não aprovem este projeto, pois ele limita o cidadão ao que já lhe é limitado, o acesso à saúde. A deputada pretende apresentar emenda à proposta que limita em seis o número de consultas /ano e a outra , é para excluir limitações aos atendimentos de Urgência e Emergência .

A parlamentar considera que não há dúvidas de que o maior bem de qualquer cidadão é a vida com saúde, mas é imprescindível dispor de todos os meios e recursos para preservá-la. “Se a elite governista dependesse dos serviços do Planserv jamais iria propor medidas que atentam contra os direitos à saúde”, frisa a Parlamentar.


COMENTÁRIO

Devo admitir que a deputada feirense Graça Pessoa tem abordado, corajosamente, temas diversos de interesse dos cidadãos. Esta questão que envolve uma proposta de compartilhamento parcial de custos por parte dos segurados do Planserv tem provocado muita discussão, considerando que os planejadores do governo Wagner afirmam que o plano dá prejuízo. Ora, os segurados pagam por meio de desconto em folha. Portanto, não existe possibilidade de inadimplência. Como localizar, então, os ralos do sistema?. Creio que o Governo Estadual tem o dever de esclarecer ao funcionalismo público e aos seus agregados(cerca de 500 mil), público alvo do Planserv,quem realmente frauda ou ameaça a viabilidade do Plano. O Governo afirma que 85% dos segurados fazem , em média 6 consultas /ano. Sendo assim, não podemos atribuir aos 15% restantes as potenciais ameaças de falência ou inviabilização do plano estatal de saúde. Seriam os credenciamentos de Clínicas e Hospitais excessivos? Os constantes reajustes de insumos hospitalares, de diárias e taxas, ameaçam a saúde financeira do Planserv? Qual a fração percentual dos custos globais que representa custo com internações? Quanto se investe em Cirurgias Eletivas? O número atual de auditores garante ao Plano uma avaliação correta da sua saúde financeira? Os custos com Alta Complexidade são administráveis? Qual o percentual destes custos p/o Plano? Sugiro à Ilustre Deputada que amplie, de fato, o leque de questionamentos. Desejo-lhe que encontre respostas concretas e que saiba oferecer soluções.Nenhum plano de saúde ou empresa, privada ou estatal, suporta desequilíbrios entre receita e despesa. Sugiro à Ilustre Deputada que se mantenha na defesa dos segurados e que busque,com um diálogo aberto e franco com o rôlo compressor wagnerista, soluções que viabilizem esta conquista do funcionalismo público da Bahia.

OLDECIR MARQUES

PERFIL DOS PORTADORES DE HIV

Perfil dos portadores de HIV | Agência FAPESP :: Notícias

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DA DENGUE NA BAHIA



No ano de 2011, até a semana epidemiológica 28 (16/07) foram notificados 40.942 casosde Dengue na Bahia. No mesmo período de 2010 registraram-se 49.315 casos, correspondendo a uma redução de 17% (Fig. 1). Até o momento, 384 (92%) municípios notificaram a doença através dos sistemas de informação da vigilância epidemiológica. Nas últimas três semanas, os municípios que registraram maior número de notificações foram Feira de Santana,Juazeiro, Eunápolis, Itabuna, Barreiras, Porto Seguro, Jequié, Novo Horizonte, Guanambi e Itabela, que concentram 71% das notificações recentes.
Em relação às faixas etárias, embora permaneça o padrão de acometimento do ano anterior,observa-se discreto aumento da incidência de Dengue na faixa de maiores de 15 anos(Fig.2).Quanto às formas graves da doença: Dengue com complicações (DCC), Febre Hemorrágicada Dengue (FHD) e Síndrome do Choque da Dengue (SCD), foram notificados 282 casos,com confirmação de 208 casos até o momento em 56 municípios. Entre os casos graves,houve confirmação de 12 óbitos (Jequié, Madre de Deus, Lauro de Freitas, Porto Seguro,Remanso, Jussara, Bom Jesus da Lapa, Salvador(2), Cipó, Riacho de Santana e Conceiçãodo Coité), sendo 75% (09) óbitos de adultos maiores de 20 anos de idade. Alerta-se para o aumento da letalidade por Dengue Grave registrada no 1º semestre de 2011 (6,2%), quando comparada com o mesmo período de 2010 (4,3%).
FONTE:DIVEP/DIS/SESAB
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA.