"TODA SOCIEDADE SE AFERRA A UM MITO E VIVE POR ÊLE. O NOSSO MITO É O DO CRESCIMENTO ECONÔMICO"- Tim Jackson

sábado, 30 de abril de 2011

DESEMPREGO VOLTA A CRESCER NA ESPANHA

Desemprego espanhol em novos máximos | euronews, economia

NOVAS TECNOLOGIAS, NOVOS COMPORTAMENTOS

CLIQUE E VEJA O QUE FAZEM OS ESPANHÓIS COM O LIXO PRODUZIDO, DIARIAMENTE, NAS RESIDÊNCIAS.ANTEVEJA O FIM DOS ATERROS SANITÁRIOS. OPINE SÔBRE ESTA ESTRATÉGIA DE DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS. AVALIE AS NOVAS TECNOLOGIAS E OS SEUS CUSTOS OPERACIONAIS.


ENVIADO PELA COLABORADORA OLVANIR MARQUES

ÁGUA ENGARRAFADA



















Os EUA, México e China lideram o mundo no consumo de água engarrafada. Nos EUA consome-se uma média de 200 garrafas de água por pessoa por ano. Mais de 17 milhões de barris de petróleo são necessários para fabricar as garrafas de água, 86 por cento dos quais nunca serão reciclados.
FONTE:Blog Action Day

DILMA MODERNIZA EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS

















Oferecer serviços como telefonia, internet, logística integrada, serviços bancários e ter participação em companhias aéreas. Este é o novo cenário desenhado para a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) estabelecido por meio da Medida Provisória 532enviada ao Congresso Nacional pela presidenta Dilma Rousseff. Além disso, os Correios poderão atuar em outros países e ter sociedade em empresas ou também constituir subsidiárias...

LEIA MAIS:

SEMANA NACIONAL DE VACINAÇÃO ANTI-GRIPE

VIVA O 1° DE MAIO! VIVA O TRABALHADOR BRASILEIRO!

sexta-feira, 29 de abril de 2011

NASCIDO E CRIADO NOS INFINITOS ESPAÇOS DE SOL E LUZ DE SÃO JORGE DOS ILHÉUS,SAUL RECEBE HOMENAGEM PÓSTUMA DA COSMOPOLITA FEIRA DE SANTANA.

Na abertura oficial da Micareta 2011 nesta quinta-feira (28), a primeira dama e deputada estadual Graça Pimenta (PR) fez homenagem ao compositor, produtor e maestro ilheense Saul Barbosa, que morreu em setembro de 2010, aos 57 anos, vítima de uma parada cárdio-respiratória.

“Ele foi um grande compositor que teve suas músicas eternizadas pelos artistas baianos. Saul Barbosa faz muita falta no meio artístico”, declarou a deputada Graça Pimenta.

A homenagem emocionou a viúva do compositor, Arlen Campos, que está em Feira de Santana prestigiando a festa. “Agradeço o carinho. Saul tinha a Micareta de Feira como seu segundo carnaval”, afirmou.

Os cantores Tatau, Margareth Menezes e Daniela Mercury também homenagearam o compositor, relembrando sucessos como “Toté de Maiangá” e “Menino do Pelô”.


INFECÇÕES NOSOCOMIAIS: UM DESAFIO CONSTANTE








Desde o fim dos anos 80, as autoridades sanitárias francesas implementaram um conjunto de medidas de vigilância e de prevenção que envolveram a maior parte dos estabelecimentos de saúde
Crédito fotográfico: ERIC FEFERBERG/AFP.

AS TAXAS DE INFECÇÃO HOSPITALAR DECLINAM GRAÇAS A UMA MOBILIZAÇÃO INCANSÁVEL

"As infecções nosocomiais diminuiram na França,graças a inúmeras medidas implementadas nos últimos anos, diz-nos o dr.Bruno Coignard, Chefe do Departamento de Doenças Infecciosas da Vigilância Sanitária. É preciso continuar os esforços de prevençao e cuidados,em particular para evitar o surgimento de bactérias multirresistentes". As infecções nosocomiais são infecções adquiridas durante a permanência em um estabelecimento de saúde e que não estavam presentes, nem em período de incubação, no momento da admissão do paciente.

Estas infecções ocorrem numa proporção de 1:20 pacientes hospitalizados na França, e são responsáveis po 4000 óbitos/ano. A última enquete, realizada em 2006, mostrou uma redução de 10% das infecções nosocomiais desde 2001, atribuidas às medidas de prevenção efetivadas pelas autoridades sanitárias.

Os germes responsáveis por infecções nosocomiais, geralmente bactérias,provém dos próprios pacientes,de cuidadores(médicos, enfermeiras, técnicos,etc...), dos materiais usados nos hospitais e das superfícies que envolvem o paciente.Provocam a maior parte das vezes, infecções urinárias(30,3%), infecções do sítio operatório(14,2%) e pneumopatias(14%).As três bactérias mais frequentes responsáveis por infecções hospitalares na França, são a Escherichia coli(25%), Staphylococcus aureus(19%) e Pseudomonas aeruginosa(10%), bactérias normalmente presentes no organismo humano mas que podem desencadear infecções.

"L'utilisation fréquente d'antibiotiques à l'hôpital favorise le développement de bactéries résistantes à plusieurs antibiotiques contre lesquelles il est plus difficile de lutter et qui représentent la principale menace pour l'avenir."

"A utilização frequente de antibióticos no hospital favorece o desenvolvimento de bactérias resistentes a vários antibióticos(multirresistência ), por seleção natural, contra as quais é cada dia mais difícil de lutar e que representam uma grande ameaça para o futuro"

Os principais fatores de risco são a idade, o sexo masculino, uma doença severa,imunodepressão, antecedentes de intervenção cirúrgica nos últimos 30 dias e exposição a dispositivos invasivos como um catéter vascular, uso indiscrimado de sondas urinárias ou entubações para assistência ventilatória.É por isso que as infecções são mais frequentes nas unidades de terapia intensiva onde os pacientes estão fragilizados por sua doença e mais frequentemente submetidos a estes tipos de atos invasivos.

Equipes médicas devem pensar constantemente em novas maneiras de reduzir estes riscos, principalmente limitando o tempo de entubação para a ventilação ou desinfectando frequentemente os pontos de entrada possíveis para as bactérias.

A higiene das mãos continua sendo a base da prevenção e , as soluções hidroalcólicas, que reduzem o tempo necessário para lavagem das mãos, tem demonstrado eficácia na redução das infecções por S. aureus.

Além do uso de luvas e outras barreiras mecânicas, pode-se isolar o paciente para limitar o risco de transmissão a outros pacientes, sobretudo no CASO DE INFECÇÕES POR BACTÉRIAS MULTIRRESISTENTES

LEIA, EM FRANCÊS,EM INGLÊS, EM ESPANHOL, NA LÍNGUA QUE VOCÊ DESEJAR. BASTA CLICAR NO GADGET TRADUTOR GOOGLE, NA COLUNA À ESQUERDA DO SAÚDE E CIDADANIA. A ALDEIA HUMANA ESTÁ A CADA NOVO DIA , MAIS E MAIS, GLOBAL.

http://www.lefigaro.fr/sante/2011/04/10/01004-20110410ARTFIG00243-infections-a-l-hopitalun-defi-permanent.p

POR JEAN-LUC NOTHIAS EM 12/04/2011.

TRADUZIDO POR OLDECIR MARQUES .

INFECÇÕES EM UTI'S NEONATAIS













Agência FAPESP

quinta-feira, 28 de abril de 2011


Notebook 3D da Toshiba

Posted: 25 Apr 2011 06:41 PM PDT




Empresa lança computador que projetará imagens em 3D sem que o usuário precise de óculosContinua...

GOL DE PLACA DO NOVATO CARLOS GEÍLSON


Assembléia aprova emenda de Carlos Geilson sobre jornalismo digital no Conselho de Comunicação Social

Os deputados estaduais aprovaram ontem, a emenda apresentada pelo deputado Carlos Geilson (PTN) ao projeto de Lei 19100 do Executivo estadual que cria o Conselho Estadual de Comunicação Social. A partir de agora, representante do jornalismo digital tem assento assegurado no Conselho. O projeto segue para sanção do governador Jaques Wagner.

“Essa emenda tem como objetivo fortalecer o jornalismo na busca de interesses e privilégios comuns no âmbito estadual e, por outro, trazer para o conselho as reflexões e contribuições do jornalismo digital praticado no Estado”, enfatiza o deputado na emenda. Segundo Carlos Geilson, a internet tem trazido formas inovadoras de comunicação, ferramentas que possibilitaram o surgimento de uma verdadeira revolução na maneira como a sociedade se comunica. Com o advento dos blogs e sites dando visibilidade e propagando informações em tempo real, permitiu a interação social, fazendo com que a informação, a arte, a educação e a cultura deixassem de ser privilégios apenas de alguns.

“É a democratização do conhecimento através das redes sociais. Dai a importância desse segmento estar representado no Conselho de Comunicação. Bastar ver aqui na Assembléia como os deputados se valem das informações dos sites e blogs noticiosos para balizarem os seus discursos, prestando informações e apresentando projetos e utilizando-se desse instrumento para conduzirem seus mandatos. Daí a necessidade de estarem no Conselho de

Comunicação”, concluiu o parlamentar.

ASSESSORIA DO PARLAMENTAR

COTAS SAZONAIS


Tourinho afirma que Micareta serve como balcão de negócios para vereadores governistas

O legislador Roberto Tourinho (PSB), esta semana, durante pronunciamento na sessão da Casa da Cidadania, denunciou que todos os anos na Micareta de Feira de Santana vereadores da base governista são beneficiados com cotas para indicar pessoas que prestam serviços à Prefeitura durante o evento. Segundo ele, na última terça-feira, em seu gabinete, foi uma verdadeira peregrinação de pessoas desavisadas solicitando uma carta para trabalhar nos portões da festa e em outras áreas afins da administração municipal.

“Eu lamento que o governo faça disso moeda de troca. Uma cidade como Feira de Santana, com meio milhão de habitantes, onde vereadores que deveriam naturalmente apoiar o governo pelos seus princípios que defendem, se sujeitem a receber essas migalhas como barganha política. Lamento que vereadores que nós esperávamos e esperamos que tenham um comportamento compatível com a grandeza do município transformem os seus mandatos em balcão de negócios, vendam as suas consciências na defesa de um governo que a cada dia que passa se afunda na podridão”, declarou Tourinho, salientando que essa atitude é típica de uma administração que anda mal.

O vice-líder da bancada governista, Antônio Carlos Passos Ataíde (DEM), afirmou que teve três vagas para indicar pessoas na Micareta e que gostaria de ter pelo menos dez indicações atendidas. Para o legislador, esse procedimento é normal e ocorre em todas as esferas de governo: municipal, estadual e federal. Como exemplo, ele citou que não houve concurso público para as pessoas trabalharem no Hospital Estadual da Criança (HEC). Conforme frisou, o processo seletivo foi através de currículos e, por conta disso, só foram contratadas as pessoas indicadas por políticos da base do Governo do Estado.

“Quem faz parte de bancada está sujeito a isso. Para apoiar o governo, eu tenho que ter alguma coisa na administração pública, isto é, indicações minhas de profissionais, de pessoas que atendam a necessidade da administração. É um procedimento normal. Por acaso o Governo Estadual vai indicar alguém do DEM? O PT não é diferente dos outros partidos, o Partido dos Trabalhadores é mais um que chegou ao poder”, argumentou.

Em consonância com o discurso do vereador Ataíde, Luiz Augusto de Jesus - Lulinha (DEM) afirmou que vários políticos do PT se beneficiaram com indicações nas unidades de saúde e escolas da rede estadual, sobretudo através do sistema de Prestação de Serviço Temporário (PST).

Rebatendo os Democratas, Tourinho salientou que na época de preenchimento de vagas do HEC, ele não indicou ninguém e que, inclusive, criticou juntamente com o Marialvo Barreto (PT) a maneira como estava sendo procedida a contratação de pessoal. “Com as declarações, fica aqui acertado o seguinte: também a bancada que faz oposição ao Governo do Estado jamais poderá criticar as práticas da administração estadual, porque eu já vi que no Governo Municipal as práticas são as mesmas. Ou seja, farinha pouca, meu pirão primeiro”, disse.

ASCOM/PONDÉ

O SENSO RELIGIOSO

Será lançado amanhã, sexta-feira, dia 29, às 18h30, na Academia de Letras da Bahia, o livro O senso religioso,de Luigi Giussani, fundador do Movimento Comunhão e Libertação, com a presença do secretário de Educação Cultura Esportes e Lazer da Prefeitura de Salvador, João Carlos Bacelar; do Bispo de Camaçari, dom Carlos Petrinni, do responsável pelo movimento católico nacional Comunhão e Libertação e Otoney Alcântara, do movimento soteropolitano.
A obra já foi traduzida em mais de 21 idiomas e é utilizada em mais de 70 países. É considerada a obra mais expressiva do gênio educativo de Dom Giussani no contato com jovens do ensino médio e superior desde os anos 50, quando iniciou a carreira do Liceu Clássico Berchet. O livro trata das perguntas dos fatos religiosos, apresentando a natureza do nosso Eu e que se exprime em certas perguntas como:
- Qual o significado último da existência?
- Porque existe dor e morte?
- De que é feita a realidade?
- Porque vale à pena viver?
Segundo Dom Giussani o livro é o nosso compromisso radical do nossocom a vida e procura responder usando a rezão a estas questões, buscando superar uma prisão da razão, reduzida ao cientificismo ou racionalismo.
Fonte Aloísio Araújo /PTN

VEREADOR MARIALVO APONTA PROBLEMAS DE INFRAESTRUTURA E HIGIENE NO CENTRO ADMINISTRATIVO

PARTIDOS POLÍTICOS:FUSÃO PSDB x DEM

PLANEJAMENTO FAMILIAR

Casais chineses mantém política de filho único | euronews, mundo

quarta-feira, 27 de abril de 2011

ESTRATEGISTAS DO PCdoB OCUPAM SECRETARIA ESPECIAL NO GOVERNO KASSAB

PCdoB oficializa entrada no governo de Gilberto Kassab

Posted: 26 Apr 2011 11:32 PM PDT

Brasília Confidencial

“O PCdoB oficializou a entrada no governo do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, na cerimônia de posse do secretário especial de Articulação para a Copa de 2014, Gilmar Tadeu Alves.

Os dirigentes do PCdoB aguardaram a saída de Kassab do DEM e que ele fundasse o PSD para estabelecerem a aliança, que já vinha sendo traçada desde dezembro, durante as articulações para a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal. O PCdoB continuará integrando a base de apoio ao Governo Dilma.

VEREADOR LULINHA AFIRMA QUE O SENADOR FEIRENSE JOÃO DURVAL É CONTRA AEROPORTO DE PASSAGEIROS

Vereadores rebatem declaração do senador João Durval Carneiro

O legislador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM), na sessão legislativa desta quarta-feira (27), lamentou a declaração do senador João Durval Carneiro (PDT), publicada no Blog do Jair Onofre, onde o membro do Senado, disse ser contra a construção de um aeroporto de passageiros no município, justificando que seria um projeto desnecessário, devido à proximidade de Feira de Santana com Salvador.

O edil estranhou a declaração do senador, uma vez que o aeroporto local leva o nome do próprio senador foi construído na época em que este era governador do estado da Bahia. “Enquanto os vereadores, deputados, a imprensa e a população estão lutando pela construção do aeroporto, o senador João Durval Carneiro é contra e ainda quer que a cidade fique submissa ao aeroporto de passageiros da capital. Quero lamentar que o filho de Feira de Santana é contra o progresso e o desenvolvimento desta terra”, declarou.

O vereador Roque Pereira (PT do B) afirmou ter admiração e respeito por João Durval, porém salientou que a declaração do senador foi um equívoco. O edil argumentou que a região de Feira de Santana vende mais passagem aérea do que a região metropolitana de Salvador. Disse ainda que a cidade de Campinas, no estado de São Paulo, é bem próxima da capital paulista e que essa proximidade não foi empecilho para que o município do interior tivesse um aeroporto de passageiros. Ele também ressaltou que a capital baiana irá sediar a Copa do Mundo de 2014, mas o Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães não suportará a demanda.

Segundo o legislador, até as próprias companhias aéreas já comentaram a respeito desse assunto. “Portanto, o Aeroporto de Feira de Santana tem viabilidade”, disse Roque, sugerindo a população que perdoe o senador João Durval, “porque ultimamente ele não tem falado coisa com coisa. Recentemente ele apresentou um projeto de lei que sujeita os formandos de todos os cursos universitários, no Brasil, a um exame de proficiência, para ingressar na profissão, igual ao exame da OAB”.

Marialvo Barreto (PT) também defende a existência de um aeroporto de qualidade, em Feira de Santana. Visando um pólo de logística no município, o vereador afirmou que será preciso um porto de cargas, visto que Feira é uma cidade que atrai indústrias. “Aqui também podemos ter um aeroporto muito bom para pequenos vôos regionais. Coloca aqui uma linha, aos sábados e domingos, para as pessoas fazerem turismo em Aracaju, pra ver se não enche. Portanto tem viabilidade sim”, pontuou o petista.

Concordando com o senador, David Neto (PMN) disse que Feira está apenas 108 km do Aeroporto Internacional de Salvador. Para ele, no estado da Bahia há cidades, como por exemplo, Barreiras e Irecê, que necessitam mais do aeroporto do que Feira de Santana. Neto disse ainda que o senador João Durval deve ter motivos suficientes, sobretudo com dados técnicos, para dar essas declarações. Ele acredita que o município precisa de um aeroporto de médio porte e não de grande porte como estão reivindicando. Declarou ainda que “pobre não dispõe de recursos para andar de avião”.

O vereador Ângelo Almeida (PT) informou que, no Brasil, no mês de fevereiro deste ano, pela primeira vez na história do país, as pessoas viajaram mais de avião do que de ônibus. Em consonância com o petista, Roque Pereira lembrou que “viajar hoje de avião é mais barato do que viajar de Itapemirim”.

ASCOM/PONDÉ

"Cheguei à assembléia sem patrono ou padrinho..."

Carlos Geilson reage a declarações

do secretário da Fazenda

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) em resposta ao secretário da Fazenda Carlos Martins, afirmou que ele foi o parlamentar mais votado de Feira de Santana e que chega a Assembléia Legislativa como um vitorioso. “A pior derrota é daquele que, para se eleger, praticou o estelionato eleitoral. Não sou, portanto, um derrotado e meus argumentos não são de um derrotado”, enfatizou. Para o deputado, lamentavelmente, o governo não aceita o contraditório, a crítica e que tenta impor seus números, sem que a Oposição possa se manifestar.

“Quando a Oposição se manifesta, é tratada como derrotada, sem argumentos ou propostas. Não aceitam quando questionamos os dados apresentados dando a entender que vivemos num mar de rosas, que não tivéssemos inflação, problemas graves de infraestrutura. O secretário é que não pode fazer juízo de valores e se dirigir a Oposição, mesmo que pequena, como se não estivéssemos aqui representando parcela da sociedade e que também depende do governo, já que é para todos os baianos que este governo existe”, afirmou o parlamentar.

Segundo Carlos Geilson, ele não questiona o tamanho da Oposição, mas o trabalho qualitativo dela Oposição. “Aqui fica, portanto, o meu protesto. Não me sinto derrotado. Sou filho de vaqueiro com uma professora primária, cursei uma universidade pública de qualidade e cheguei aqui na Assembléia Legislativa sem patrono ou padrinho, mas com o apoio dos feirenses e toda região, com 37 mil votos. Respeite, secretário, aqueles que pensam e praticam o contraditório. Não sendo assim, o secretário não pode participar de um governo que se diz republicano e democrático”, concluiu Geilson.

ÁGUAS DE ABRIL

terça-feira, 26 de abril de 2011

DILMA ROUSSEFAFIRMA QUE CUIDA" DIUTURNA E NOTURNAMENTE" DE POLÍTICA INFLACIONÁRIA


Posto aí em cima, para quem puder assistir – são 27 minutos – o vídeo da fala da Presidenta. E, abaixo, as passagens que destaco:

Os países emergentes que, é bom que se reconheça, sustentaram a dinâmica econômica no pior momento da crise, agora são pressionados por políticas de expansão intensa da liquidez internacional, geradora de desequilíbrios não só cambiais, mas, também, de desequilíbrios inflacionários. E isso é importante que nós tenhamos consciência e clareza: de desequilíbrios e pressões cambiais e inflacionárias, porque um afluxo deste nível que hoje o mundo experimenta, de liquidez sobre as economias em desenvolvimento, significa, necessariamente – como também foi mostrado aqui hoje – uma grande pressão sobre o valor de todos os ativos e uma expansão absolutamente desenfreada do crédito e uma pressão monetária sobre as economias em desenvolvimento.

(…)É preciso, portanto, ter responsabilidade e serenidade na condução da política econômica. Nós estamos monitorando, como eu disse, a evolução da economia, e estamos prontos para tomar as medidas sempre que for necessário.

Eu tenho o compromisso – e assumi desde o primeiro momento, no meu discurso de posse e ao longo da minha campanha – com o controle da inflação, pois sem ele não há desenvolvimento sustentável. E eu cumpro meus compromissos.

Eu também tenho compromisso com o crescimento econômico e social, pois isso é que gera empregos e possibilita a inclusão de milhões e milhões de brasileiros e brasileiras na condição de cidadãos plenos, e eu cumpro os meus compromissos.

(…)Sabemos que muitos dos problemas que vivemos hoje e que temos o compromisso de enfrentar e resolver podem ser chamados de bons problemas. Por exemplo: os aeroportos que temos de expandir estão cheios porque o aumento das viagens aéreas supera, em muito, o crescimento do país. Isso não significa que nós não temos a consciência e a dedicação necessárias para resolver esse problema. Pelo contrário, o fato de ele resultar do crescimento da demanda do país exige, não que eles estejam prontos para a Copa ou para as Olimpíadas, mas que eles estejam prontos para atender o crescimento da imensa demanda da população brasileira por viagens de avião, devido à extraordinária melhoria da sua renda.

(…)Hoje nós sabemos – voltando aos problemas, aos bons problemas – que há pressão de mão de obra porque vivemos próximos do pleno emprego. Há problemas de conflitos nas grandes obras, porque elas voltaram a existir, depois de muitos anos, em que o país não sabia o que era construir uma grande usina ou uma ferrovia importante. Mas, por isso nós não ficaremos passivos, olhando os problemas, vamos enfrentá-los. E isto significa enfrentá-los especificamente, em cada obra, cada acontecimento, mas significa também a preocupação do governo com a melhoria e a capacitação dos seus trabalhadores e trabalhadoras. Por isso, nós iremos lançar, nos próximos dias, o Programa Nacional de Ensino Técnico e Capacitação Profissional, porque ele faz parte do processo de solução dos desafios que se colocam para a formação da mão de obra brasileira.

(…)nós também temos pressões e demandas que temos de controlar, porque a nossa renda cresceu e milhões de famílias, finalmente, alcançaram o mercado de consumo. São problemas [que], sem dúvida, precisam ser reconhecidos e enfrentados. E, muitas vezes, a solução desses problemas conduzem a soluções também para o próprio país e para a qualidade do seu desenvolvimento.

Por isso, é sempre melhor enfrentar os problemas do crescimento do que os problemas do desemprego, da falta de renda, da falta de investimento e da depressão econômica. Queremos e faremos todos os esforços para que todos eles, esses problemas a que eu me referi, fiquem no nosso passado, tanto o desemprego como a falta de renda, a falta de investimentos e a depressão econômica.

O futuro, o nosso futuro, é de desafios para o crescimento, é de serenidade no enfrentamento dos desequilíbrios que sempre nos desafiarão. Mas é de otimismo, como um país que aprendeu a se respeitar e a se fazer respeitado, de um país que aumentou sua autoestima e descobriu que sua maior força é seu povo trabalhador e seu empreendedor.

TIJOLAÇO

ESTA RUA É UM DOS PRINCIPAIS ACESSOS PARA O HOSPITAL INÁCIA PINTO

CASA DA CIDADANIA

Ribeiro denuncia péssimas condições de ambulâncias do Samu

O vereador Antônio Francisco Neto – Ribeiro (DEM) criticou a falta de responsabilidade para com o programa do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) no país, sobretudo nos municípios baianos. Segundo o edil, há um grande número de ambulâncias quebradas e paradas em algumas cidades do estado da Bahia. Ele afirmou que a culpa não é do Governo Federal, nem do Governo Estadual, mas sim de alguns prefeitos que não tem compromisso com a população.

“Existem muitas ambulâncias em desuso no estado da Bahia, dentro de hospitais, terrenos de prefeituras e, até mesmo, abandonadas em matagais. Isso é vergonhoso para o homem público que se elege prefeito e age dessa forma. Os municípios recebem verbas dos governos Federal e Estadual, mas devido à falta de competência dos gestores, não prestam um serviço adequado para a população, no tocante a manutenção desses veículos”, disse Ribeiro.

"É possível encontrar carros quebrados e abandonados em Santo Antônio de Jesus, Maragogipe e outras cidades que compõem o Recôncavo baiano. As ambulâncias poderiam prestar serviço ao povo. Qual é a cidade que não necessita de uma ambulância? O programa é do Governo Federal e tem como objetivo colocar carros do SAMU em todo o território nacional. Não podemos criticá-lo, no entanto, devemos cobrar que os gestores dos municípios tenham compromisso com o bem público”, declarou.

O vereador ressaltou que devido às irregularidades ocorridas no Serviço Móvel de Urgência, muitas emergências estão sendo transferidas para hospitais regionais, como por exemplo, o Hospital Geral Clériston Andrade. Ribeiro concluiu seu discurso, chamando atenção que é necessário que, além de um bom currículo na vida política, o representante do povo seja uma pessoa prudente e íntegra na sociedade, para que se evitem erros dessa natureza.

ASCOM

SAÚDE É DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO

“A saúde é um direito social garantido no artigo 6º da nossa Constituição. Mas além de ter o direito a saúde garantido, a população precisa que haja qualidade nos serviços de saúde que lhes são prestados através do SUS. Na Bahia, tanto a garantia do direito quanto a qualidade do serviço público estadual estão comprometidas”, disse a deputada Graça Pimenta.

Dados de pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) foram apresentados pela parlamentar durante o pronunciamento. A pesquisa revela que a população brasileira percebe a falta de médico como um dos principais problemas do SUS.

Conforme a deputada Graça Pimenta, na Bahia a população também sofre com a falta de médico nas unidades públicas estaduais de saúde. “Em visita ao Hospital Roberto Santos, a diretoria da unidade disse que tem dificuldade para contratar médicos. Isso acontece porque os profissionais estão se sentindo desvalorizados pelo poder público”, declarou a parlamentar.

De acordo com a deputada Graça Pimenta, por estarem se sentindo desvalorizados, os sindicatos dos médicos e dos trabalhadores em saúde da Bahia determinaram a suspensão do atendimento na rede pública estadual a partir do dia 3 de maio.

No discurso, a parlamentar cobrou ações do Estado para evitar a greve. “O primeiro passo para que haja a melhoria do serviço de saúde é evitar que esta greve aconteça, pois o cidadão baiano precisa ter o seu direito a saúde garantido”, declarou a deputada Graça Pimenta.

A parlamentar também destacou notícias sobre a saúde púbica na Bahia que vem sendo veiculadas na imprensa televisiva nacional. A matéria sobre as gestantes baianas que, pela falta de maternidade em suas cidades aqui na Bahia, estavam indo para o estado de Sergipe para que pudessem ter seus partos realizados foi citada pela deputada Graça Pimenta.

FONTE:ASSESSORES DA PARLAMENTAR