"TODA SOCIEDADE SE AFERRA A UM MITO E VIVE POR ÊLE. O NOSSO MITO É O DO CRESCIMENTO ECONÔMICO"- Tim Jackson

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DA DENGUE NA BAHIA



No ano de 2011, até a semana epidemiológica 28 (16/07) foram notificados 40.942 casosde Dengue na Bahia. No mesmo período de 2010 registraram-se 49.315 casos, correspondendo a uma redução de 17% (Fig. 1). Até o momento, 384 (92%) municípios notificaram a doença através dos sistemas de informação da vigilância epidemiológica. Nas últimas três semanas, os municípios que registraram maior número de notificações foram Feira de Santana,Juazeiro, Eunápolis, Itabuna, Barreiras, Porto Seguro, Jequié, Novo Horizonte, Guanambi e Itabela, que concentram 71% das notificações recentes.
Em relação às faixas etárias, embora permaneça o padrão de acometimento do ano anterior,observa-se discreto aumento da incidência de Dengue na faixa de maiores de 15 anos(Fig.2).Quanto às formas graves da doença: Dengue com complicações (DCC), Febre Hemorrágicada Dengue (FHD) e Síndrome do Choque da Dengue (SCD), foram notificados 282 casos,com confirmação de 208 casos até o momento em 56 municípios. Entre os casos graves,houve confirmação de 12 óbitos (Jequié, Madre de Deus, Lauro de Freitas, Porto Seguro,Remanso, Jussara, Bom Jesus da Lapa, Salvador(2), Cipó, Riacho de Santana e Conceiçãodo Coité), sendo 75% (09) óbitos de adultos maiores de 20 anos de idade. Alerta-se para o aumento da letalidade por Dengue Grave registrada no 1º semestre de 2011 (6,2%), quando comparada com o mesmo período de 2010 (4,3%).
FONTE:DIVEP/DIS/SESAB
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário